22 de novembro de 2018

Notícia: Verus lança livro que fala sobre feminismo para público adolescente

 

Quando se está inserido em um ambiente machista e misógino, onde aqueles que poderiam reverter a situação simplesmente observam convenientemente o comportamento pejorativo dos homens, é preciso ser resistência. E isso também vale para a ficção. 


Vivian está cansada dos comentários ofensivos dos seus colegas de classe. Legitimados pelo fato de um deles ser filho do diretor, os rapazes insistem em insinuar que lugar de mulher é na cozinha e utilizam camisas com mensagens sexuais. Enquanto isso, as meninas precisam ponderar nas roupas, que não podem ser nem curtas demais nem muito justas porque, nas palavras do diretor, “o recato é uma virtude que nunca sai de moda”.

Vivian já não consegue mais ser indiferente ao ambiente tóxico do colégio. Então, ela decide protestar. Inspirada pelo movimento criado nos anos 90 pela da banda punk feminista da Riot Grrrl, Vivian cria um zine anônimo - Moxie - para recrutar outras meninas que, assim como ela, também estejam insatisfeitas com a postura dos rapazes. A ideia é mostrar que as garotas não estão sozinhas, que elas não são um objeto, nem inferiores a ninguém.

As ações começam pequenas, mas à medida que mais mulheres se engajam na causa, o movimento se fortalece. São organizadas manifestações contra o código de vestimenta injustamente aplicado e contra um “concurso de beleza” considerado tradição no colégio, em que os homens escolhem algumas garotas para competirem entre si para o posto de “aquela que todos ficariam” e até contra casos de assédio sexual.

Ao longo das páginas, Jennifer Mathieu explica, com uma linguagem jovem e acessível, o conceito do feminismo. Moxie, da Verus Editora, é sobre garotas de um mesmo colégio, onde muitas delas nunca se falaram, mas acabam unidas pelo mesmo objetivo: lutar pela igualdade de direitos dentro do ambiente escolar. Nessa história, garotas apoiam garotas e vão à luta contra o machismo. No fim do livro, a autora deixa uma lista com dicas de leituras e de sites para se aprofundar sobre o feminismo.

A edição da Verus complementa a relação com indicações de fontes brasileiras sobre o assunto. Para Jennifer, a internet tem papel fundamental na propagação do conceito do feminismo. “Quando comecei a me interessar pelo feminismo e pelo movimento das mulheres, lá na obscura era da primeira metade dos anos 90, a internet não estava ao alcance das pessoas normais. Se não fosse pela revista Saddy e pela minha experiência na faculdade, talvez eu tivesse passado tempo demais sem ter nenhuma noção de como pode ser inspirador, gratificante e, sim, como pode ser incrível levar a vida como feminista. Agora temos a internet, que, além de oferecer milhares de vídeos fofos de gatinhos e cachorrinhos que viraram melhores amigos, também oferece informações sobre o feminismo”, comenta.

Sobre a Autora
Jennifer Mathieu é escritora premiada de romances juvenis. Moxie é seu primeiro livro publicado no Brasil. Ex-jornalista, ela dá aulas no ensino médio em uma escola do Texas, onde mora com o marido e o filho.

Serviço
Livro:  Moxie – Quando as garotas vão à luta
Autora: Jennifer Mathieu
Editora: Verus/Grupo Editorial Record
Tradução: Ana Guadalupe
Páginas: 288
Preço Médio: R$ 42,90

Nenhum comentário:

Postar um comentário