14 de agosto de 2018

Especial Bienal do Livro SP 2018: Terceira idade comparece ao evento de literatura

A teoria de que "escrever faz bem" já foi comprovada por muitos especialistas. Mas os visitantes e os expositores da 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo puderam identificar a validação desta tese por si mesmos.

O evento de literatura, que aconteceu entre os dias 3 e 12 de agosto e contou com a presença de mais de 600 mil visitantes, contou com a presença de autores da terceira idade, que inclusive demonstraram o quanto escrever faz bem.
Imagem: Arquivo do autor

Virgílio Pedro Rigonatti, 70 anos, participou desta edição da Bienal do Livro e apresentou sua obra para as milhares de pessoas que visitaram o evento e deram uma olhada na Travessa Literária, espaço o qual o autor alocou suas obras.

Virgílio, que quando mais novo trabalhou como office-boy e ajudante de comércio, sempre gostou de ler, mas ingressou na escrita apenas na terceira idade e abriu a editora Lereprazer. Está com dois livros publicados (Maria Clara - A filha do coronel e Cravo Vermelho) e um terceiro, Maria Clara - A conquista de um lugar ao sol, que será lançado no dia 23 de agosto na livraria Cultura do Shopping Iguatemi, em São Paulo.

Imagem: Arquivo do autor
Eduardo Barchiesi, 74 anos, também esteve na Bienal e participou de uma sessão de autógrafos do seu livro mais recente, Palavras Tronchas, no dia 10 de agosto. Eduardo, que se formou em Letras e fez doutorado em engenharia mecânica, atualmente tem uma dúzia de livros publicados.

As obras de Eduardo circulam pela ficção, romance, poesia, contos e teatro. Desde 2014 o escritor compartilha seus textos também na internet, no Blog do Eduardo Barchiesi. Adepto de alguns pseudônimos, Eduardo criou o projeto "Encontrei um livro", que tem como objetivo propagar a leitura, despertar experiências literárias nas pessoas e divulgar seus trabalhos como autor.


Assim sendo, e conhecendo melhor esses dois escritores, podemos entender também que ler e escrever não têm limite de idade e exercita a mente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário