25 de junho de 2018

Resenha: Vidas Muito Boas - J. K. Rowling

Quem poderia dizer que uma palestra em Harvard, no ano de 2008, transformaria-se em um excelente livro que poderia até ser também auto-ajuda? Assim é possível definir Vidas Muito Boas, de J. K. Rowling. Publicado no Brasil pela Rocco, o livro discorre sobre como o fracasso pode ser a válvula de escape para o sucesso.

Sinopse: "'Como podemos aproveitar o fracasso?' 'Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?'  J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em 'Vidas muito boas', versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras."

Além de falar sobre o fracasso durante seu discurso de paraninfa, J. K.  aborda a importância da imaginação para se "sair do fundo do poço", de forma que possamos ir adiante apesar das dificuldades que a vida nos impõe. O relato nos faz pensar que não podemos julgar ninguém sem conhecê-las antes, visto que J. K. e sua família já passaram por momentos de extrema pobreza. Mesmo assim, a escritora jamais desistiu e prosperou.
"Talvez vocês jamais fracassem na escala que fracassei, mas é inevitável ter algum fracasso na vida. É impossível viver sem fracassar em alguma coisa, a não ser que vocês vivam com tanto cuidado que que acabem não vivendo de verdade - e, neste caso, vocês fracassam por omissão." (Página 34)
Mas, quem espera um livro longo, não se engane. O discurso de Rowling foi curto. Mesmo assim, ela passa muita coisa importante para nossas vidas nas 80 páginas, bem intercaladas com belas ilustrações e em capa dura com capa de papel que cobre a principal. A letra é espaçada e bem disposta para leitura - que é rápida. A concluí em menos de uma hora.
"Ao contrário de qualquer outra criatura deste planeta, os seres humanos podem aprender e entender sem ter vivenciado a experiência. Podem pensar por si mesmos colocando-se no lugar do outro. É claro que este poder, como minha marca de magia ficcional, é moralmente neutro. É possível usar tal capacidade para manipular ou controlar, assim como para compreender ou se solidarizar."
(Página 56)
Em suma, "Vidas Muito Boas" é excelente obra para reflexão e pensamento de como lidamos com determinadas situações. Vale a pena dar mais uma chance para esta escritora que tem literatura multifacetada.

Nota: 5

Serviço
Livro: Vidas Muito Boas - As vantagens do Fracasso e a Importância da Imaginação
Autora: J. K. Rowling
Editora: Rocco
Ano: 2017
Páginas: 80
Preço Médio: R$ 18,90

Nenhum comentário:

Postar um comentário