17 de abril de 2018

Notícia: Obra analisa cultura dos índios juruna por meio de cantigas de ninar

O livro Fala de bicho, fala de gente: cantigas de ninar do povo juruna traz uma análise feita pela professora Cristina Martins Fargetti com base em 49 cantigas de ninar desta etnia e também estudos e partituras compostas pela cantora e compositora Marlui Miranda.

Desde a década de 1980, a etnolinguista Cristina Martins Fargetti estuda a língua e a cultura do povo yudjá, mais conhecido entre os não-indígenas por juruna (grupo que vive no Parque Indígena do Xingu, no estado brasileiro do Mato Grosso). Ao longo desses anos, ela adquiriu profundo conhecimento e proximidade com os membros da etnia, identificou particularidades culturais, como seu senso de humor característico e a presença de uma categoria de animais nomeada bichos-gente.

Em Fala de bicho, fala de gente foram reunidas e gravadas num CD 49 cantigas de ninar, entoadas por mães e avós ao embalar suas crianças, resistindo, desse modo, ao processo de aculturação que ameaça os povos originários desde o contato com os brancos. A obra traz um cancioneiro, com a letra transcrita e a tradução das 49 cantigas recuperadas pela comunidade indígena, e segue com um capítulo escrito pela musicista Marlui.

Sobre as autoras
Cristina Martins Fargetti é linguista, livre-docente pela Unesp, mestre e doutora pela Unicamp e professora do Departamento de Linguística da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Araraquara. Estuda a língua juruna desde 1989, com abordagens de sua fonologia e de sua morfossintaxe. Ultimamente, tem se dedicado aos estudos do léxico e propôs o que tem chamado de “terminologia etnográfica”, tendo em vista uma noção de ciência mais ampla. É apaixonada por música, toca flauta e canta sempre em muito boa companhia.

Marlui Miranda é compositora, cantora e pesquisadora da cultura indígena brasileira com foco nas manifestações musicais. Em 2015, ganhou o 26º Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Cantora Regional. Autora dos CDs Ihu: todos os sons, Kewere: rezar (Selo Pau Brasil) e Fala de bicho, fala de gente (Selo Sesc), além de integrar o Grupo Anima, que se notabilizou em colocar sobre o palco a música de câmara e a diversidade musical do Brasil. Atualmente, é doutoranda em etnomusicologia na ECA-USP.

Sobre o lançamento
Data: 18 de abril de 2018 - quarta-feira
Horário: 19h30
Local: Teatro Sesc Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga | CEP: 04203-000) 
Retirada de ingressos com 1h de antecedência.

Serviço
Livro: Fala de bicho, fala de gente: cantigas de ninar do povo juruna
Editora: Edições Sesc São Paulo
Autoras: Cristina Martins Fargetti e Marlui Miranda
ISBN: 978-85-9493-031-6
Páginas: 304 
Formato: 16 × 23 cm (inclui CD)
Preço médio: R$ 70,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário