22 de junho de 2017

Notícia: Livros abordam o modo de aprendizagem das crianças

Como as crianças aprendem? Essa pergunta intriga pais e pedagogos do mundo inteiro, e a resposta mais comum tende a ser que o potencial de sucesso de uma criança varia de acordo com sua inteligência. Mas, nas últimas décadas, pesquisadores vêm constatando que notas altas e testes de QI não são indicadores de uma educação de qualidade — e muito menos uma garantia de sucesso na vida.

O jornalista Paul Tough coloca em debate o atual paradigma da educação e questiona o valor dado à ideia de que uma criança bem-sucedida é aquela capaz de memorizar todo o conteúdo transmitido na sala de aula. Em Como as crianças aprendem, o autor aborda com grande clareza o problema e alerta: não estamos dando a devida atenção ao desenvolvimento de qualidades não cognitivas, como curiosidade e a capacidade de lidar com o estresse.

Com base em dados científicos, Tough defende que é possível proporcionar uma educação de qualidade tanto para alunos privilegiados quanto para as crianças e adolescentes que vivem em situação de pobreza e dependem de políticas públicas ineficientes. O objetivo: fazer com que nossos filhos estejam mais preparados para a vida e sejam capazes de conquistar realização pessoal e melhores oportunidades. Como as crianças aprendem, agora relançado com novo título, foi publicado no Brasil originalmente em 2014 como Uma questão de caráter. O livro permaneceu por mais de um ano na lista de mais vendidos do The New York Times e foi traduzido para 27 idiomas.

Já no livro Como ajudar as crianças a aprenderem, Paul Tough mergulha em uma nova série de questões angustiantes: Qual é o impacto que crescer na pobreza tem no desenvolvimento mental e físico de uma criança? Como a adversidade enfrentada em casa afeta o sucesso em sala de aula, indo da pré-escola até o ensino médio? Que atitudes os adultos responsáveis pela criança — dos pais e professores até os legisladores e filantropos — podem tomar para aumentar sua chance de ser bem-sucedida no futuro?

Tough mais uma vez nos encoraja a ver os desafios da infância de uma forma mais ampla. Em vez de tentar elaborar um jeito de “ensinar” como alguém pode ser determinado e centrado, o autor traz insights de como melhorar os ambientes — tanto na escola como em casa — em que as crianças estão inseridas para que as atitudes e habilidades necessárias para se ter um futuro melhor possam se desenvolver. Lançando mão das últimas descobertas dos campos da psicologia e da neurociência, Tough revela ideias e estratégias para uma nova abordagem em relação à infância na adversidade, uma voltada para que muito mais crianças sejam bem-sucedidas.

Sobre o autor
Paul Tough é colaborador da The New York Times Magazine e também participa regularmente do programa da rádio pública americana This American Life. Seu livro o anterior, Como as crianças aprendem, permaneceu por mais de um ano na lista de best-sellers do The New York Times e foi traduzido para 27 idiomas.

Sobre o livro Como as crianças aprendem
Autor: Paul Tough 
Tradução: Clóvis Marques
Editora: Intrínseca
Categoria: Não ficção
EAN: 9788551002117
ISBN: 978-85-510-0211-7
Formato: 16 x 23 x 1,5 cm
Relançamento: Julho de 2017
Páginas: 272
Preço médio: R$ 44,90
E-BOOK // E-ISBN: 978-85-8057-485-2 // Preço: R$ 29,90

Sobre o livro Como ajudar as crianças a aprenderem
Autor: Paul Tough 
Tradução: Maria Luiza X. de A. Borges
Editora: Intrínseca
Categoria: Não Ficção 
EAN: 9788551002124
ISBN: 978-85-510-0212-4
Formato: 14 x 21 x 0,9 cm
Lançamento: Julho de 2017
Páginas: 128
Preço médio: R$ 29,90
E-BOOK // E-ISBN: 978-85-510-0213-1 // Preço: R$ 19,90

Nenhum comentário:

Postar um comentário