2 de maio de 2017

Resenha: Filosofia Sem as Partes Chatas - Alain Stephen


* Livro cortesia da editora

O campo da Filosofia é, até hoje, centro de discussões. Entre leigos e jovens, sobretudo, o motivo da prosa é a dificuldade em entender o que os vários filósofos que surgiram através dos séculos queriam dizer. Por isso, Alain Stephen lançou Filosofia Sem as Partes Chatas, lançado recentemente pelo selo Cultrix.

Sinopse: Temos mesmo livre-arbítrio? Como sabemos a diferença entre certo e errado? Se Deus existe, por que permite o sofrimento? O que é o tempo? Existe vida depois da morte? Perguntas como essas têm ocupado e perturbado as mentes mais brilhantes do mundo ao longo da história da civilização humana, provocando sempre muita discussão e debate. Neste livro curioso e visceral, Alain Stephen explora algumas dessas questões básicas. Ele explica todos os principais conceitos da filosofia, desde a Grécia Antiga até os grandes intelectuais da França do século XX. Com uma linguagem clara e livre de jargões, este livro propicia momentos de deleite e reflexão tanto para o pensador erudito quanto para qualquer pessoa que se interesse em filosofar sobre os grandes enigmas da vida.

Como dito, o intuito do autor é o de elucidar muitas das questões humanas teorizadas e debatidas por vários filósofos, de uma forma mais palatável e entendível para quem não entende nada do que é explicado nas escolas (eu era um desses).

De fato, a maneira como o livro foi escrito é mais fácil de se entender, mas, mesmo sintetizados, alguns assuntos e teorias são meio complicados de se entender, necessitando a releitura mais de uma vez em alguns casos.

"A literatura filosófica sobre a felicidade pode ser dividida em duas vertentes. Por um lado, temos a visão hedonista de felicidade como busca de prazer pessoal, ou a promoção de prazer como um bem intrínseco em oposição à tristeza e dor. A outra visão filosófica de felicidade se refere à noções de virtude e ética pessoal e, de maneira mais prática, à questão de como viver uma vida feliz."
(Parágrafo do capítulo O Que é Felicidade?, pág. 75)

Tirando esta pequena dificuldade, não encontrei nada mais. A diagramação é muito boa, com uma capa em azul que, a mim, transmitiu tranquilidade, além de pequenos desenhos divertidos. internamente, fonte de ótimo tamanho. Pelo menos, não tive dificuldade em ler. Agora, você também pode filosofar com tranquilidade e conhecimento de causa.

Serviço
Livro: Filosofia Sem as Partes Chatas
Autor: Alain Stephen
Editora: Cultrix
Ano: 2017
Páginas: 179
Preço Médio: R$ 34,90

Nota: 5

Nenhum comentário:

Postar um comentário