16 de fevereiro de 2016

Resenha: Os Imortais de Meluha - Amish Tripathi


O livro Os Imortais de  Meluha é uma obra esplêndida de Amish Tripathi que traz a mitologia indiana ao longo das páginas. A história é envolvente do começo ao fim e prende o leitor, que tem o anseio de concluir não só este livro, mas também o restante da trilogia.

Sinopse: A terra de Meluha, criada por um dos maiores monarcas, Lorde Rama, é um império cercado de perigos e ameaças, como a extinção do rio Saraswati reverenciado pelo povo, e que agora está lentamente secando. Eles também enfrentam ataques terroristas devastadores vindos do leste, a terra dos Chandravanshis. Para complicar ainda mais as coisas, estes parecem ter se aliado aos Nagas, uma linhagem de verdadeiros guerreiros que vivem à parte da sociedade em razão de suas deformidades físicas. A única esperança para os Suryavanshis é uma antiga lenda: Quando o mal atinge proporções épicas, quando tudo parece perdido, quando parece que os teus inimigos triunfaram, um herói vai emergir. Shiva é um rústico imigrante tibetano ou realmente esse herói? E afinal, ele quer ser esse herói? Desenhado de repente ao seu destino, por dever, bem como pelo amor, vai Shiva levar a vingança Suryavanshi e destruir o mal? Este é o primeiro volume da trilogia sobre Shiva, o homem simples cujo carma o transformou em o deus dos deuses.

A história se inicia apresentando Shiva, que logo vê sua tribo sendo atacada e neste momento o povo de Meluha ajuda essa nação. A tribo de Shiva se sente em divida com esse povo e é ai que a aventura se desenvolve.

O livro narra as batalhas e a saga de um homem comum que se torna um deus para o povo da Índia a partir de uma lenda. O leitor se envolve em cada acontecimento e consegue sentir-se parte deste contexto.

A história é dividida em cenas. Cada capítulo narra o que está acontecendo em determinado local com determinados personagens.

Um dos pontos positivos da obra são as descrições que o autor faz. Ele descreve de forma maravilhosa as construções, os ambientes, os sentimentos e também os pensamentos dos personagens. Mesmo com vários locais e diferentes populações o autor soube conduzir a história de modo que o entendimento não se torne confuso ou difícil.
"Na manhã seguinte, Shiva encontrava-se sentado ao lado de Daksha na corte real de Meluha. A magnificência do edifício o pegou de surpresa. Era um prédio público e as decorações sóbrias e discretas comuns aos meluhanos haviam sido deixadas de lado. Era construído ao lado do Grande Banho Público. A plataforma havia sido construída com tijolos cozidos padronizados, mas a própria estrutura, incluindo o chão, era feita de teca que, ainda que forte, podia ser facilmente entalhada e moldada."
A mitologia indiana é muito forte neste livro. Além disso, o livro também tem história, geografia, cultura, lendas, folclore e temas contemporâneos.  Não é por acaso que muitos considerem o autor como "o Tolkien da Índia", ele faz jus ao título. 

Também nessa história podemos perceber que o papel do bem e do mal pode se inverter. Ou seja, não é porque não gostamos ou não conhecemos algo que isso é mal. O próprio protagonista da história vai desenvolvendo esse entendimento e o leitor também entende que boas ações vão gerar coisas positivas e que cada um deve fazer o seu melhor na sociedade.

As páginas são amareladas e o tamanho dos capítulos variam. A diagramação ficou muito boa e o espaçamento entre as linhas ajuda a leitura a fluir bem. Há também capítulos que contam com mais de um ambiente/cena, que são separados por símbolos indianos para identificar o leitor. A capa traz uma imagem do personagem Shiva e no fundo um grande rio. Em uma das orelhas há um mapa da Índia em 1900 a.C., que ajuda o leitor a entender a localização dos povos naquela época.

Por fim, a historia deixa abertura para os próximos livros da trilogia e convida o leitor para descobrir mais sobre os assuntos que foram deixados em aberto nesta primeira parte. Uma leitura gostosa, que flui e faz o leitor viajar para a Índia antiga.

Recomendo o livro para quem gosta de ficção e mitologia. Quem ler vai se deliciar com este mundo criado por Amish.

Book-trailer 
 

Nota: ★★★★

Serviço
Livro: Os Imortais de Meluha
Autor: Amish Tripathi
Tradução: Monique D'Orazio
Páginas:  392
Ano: 2014
Editora: Nversos
Formato: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-64013-96-4
Preço médio: R$ 38,00

2 comentários:

  1. Adorei a resenha, o livro parece ser bastante interessante.
    www.malusilva.com.br

    ResponderExcluir