3 de setembro de 2015

Notícia: Obra retrata comunidades cariocas



A jornalista Dílvia Ludvichak escreveu o livro Favela, baseado na história do marido, que cresceu em uma comunidade.

A obra retrata a trajetória do menino Pepeu. Nascido no Morro do Dendê, no Rio de Janeiro, ele é uma criança sagaz e inteligente, que conta seus pensamentos e descobertas sobre o lugar onde mora.
“Empinar pipa na laje, jogar bola, brincar de pique-esconde, pique-bandeira e outras brincadeiras era parte de nosso dia.”
Além de contar um pouco do seu dia a dia, Pepeu também fala sobre acontecimentos históricos, como a origem da Favela, por exemplo. De acordo com o personagem, ela surge depois da Guerra de Canudos, época na qual os soldados que voltaram para o Rio de Janeiro ocuparam o Morro da Providência, chamando-o “Morro da Favela”. 
“A gente torcia para que os dias passassem ligeiro e que o final da tarde viesse com chuva, pois a chuva, para quem não sabe, lava coração de menino.”
Apesar de toda a beleza retratada dentro da comunidade, a autora também mostra que lá existem perigos.
“E tínhamos medo das coisas próprias da favela, para as quais a
gente bem cedo é treinado. Menino de favela precisa ser sagaz”
Com muitos desenhos feitos em mosaico (trabalho de Rogério Coelho, ilustrador profissional de vários livros e revistas desde 1997), as gravuras atingem um efeito tridimensional, algo que chama a atenção de um grande público infantil.  
“Às vezes eu penso que o mundo olha para a favela como num espelho distorcido. Há tanta coisa bonita que não aparece, há tanta coisa que enobrece a alma, há vida.”
Sobre a autora
Dílvia Ludvichak nasceu em Lages, um município de Santa Catarina, mas atualmente mora em São Paulo, onde trabalha há mais de vinte anos no mercado editorial. Formou-se em jornalismo, mas sua paixão é a literatura para crianças e jovens. Já lançou alguns livros e, conforme promete, muitos outros já estão em sua cabeça e em seu coração.

Sobre o ilustrador
Rogério Coelho é um paulista que mora atualmente em Curitiba. Desenha desde pequeno e fez das ilustrações uma companheira pelo resto da vida. Já ilustrou muitos livros e recebeu alguns prêmios, como o Altamente Recomendável, da FNLIJ, e o prêmio Jabuti.

Serviço
Editora Mundo Mirim
Autor: Dílvia Ludvichak
Ilustração: Rogério Coelho
Formato: 16x23
I.S.B.N.: 978-85-8232-016-7
Número de páginas: 32

Nenhum comentário:

Postar um comentário