18 de agosto de 2015

Notícia: Obra traz história de uma garota destinada a carregar o peso de uma nação inteira sobre seus ombros


O livro, De repente, da autora americana Nichole Chase e publicado no Brasil pela Editora Pandorga, traz a história de Samantha Rousseau, uma garota simples, teimosa e determinada. Fazendo mestrado em biologia da vida selvagem enquanto ajuda a cuidar de seu pai doente, ela não tem tempo para fofocas, roupas da moda ou férias em algum paraíso do Caribe.

A vida de Samantha muda completamente quando a duquesa de Lilaria a convida para jantar. Imaginando que a reunião reservava uma discussão a respeito de uma doação para sua pesquisa universitária, a protagonista nem imaginava o curso que sua vida seguiria após esse dia.
Enquanto aprende a viver em um mundo de política e riqueza, ela também precisa se esquivar de seus sentimentos crescentes por Alex D’Lynsal, sobrinho da duquesa.
“— É uma honra conhecê-lo [...]. — A honra é minha. Acredite. Em vez de apertar minha mão, ele a levou até a boca e seus lábios roçaram minhas articulações delicadamente. Eles eram quentes e carnudos, e meu corpo formigou quando ele me tocou. Parei de respirar por um momento e precisei lembrar-me de que o oxigênio era importante para mim”.
A autora ainda propõe em cada chamada de capítulo uma manchete polêmica a respeito da família real.

Sobre a autora
Nichole Chase é autora best-seller do New York Times e USA Today, com obras como Suddenly Royal, The Accidental Assassin, Flukes, The Dark Betrayal Trilogy e outras histórias e contos. Nichole atualmente vive na Georgia do Sul, Estados Unidos, com seu marido, filha enérgica, um cão leal, uma tartaruga-africana e dois gatos. Quando não está lendo romances, Nichole escreve e se dedica a trabalhos artísticos, pintando, fazendo artesanato ou perseguindo a filha em volta da casa, fazendo barulhos de monstros.
Serviço
Livro: De Repente
Editora: Pandorga
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 452
ISBN: 978-85-8442--052-0
Preço: 34,90  

2 comentários:

  1. Oieee
    Adorei a ideia do livro, me lembrou o livro de época da Julia Quinn onde uma jornalista tbm fala algumas coisas bem acidas sobre a sociedade! Adorei!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir