31 de julho de 2015

Notícia: Trabalhos organizados pela instituição ONG Rio de Paz são retratados em livro

O livro Convulsão protestante, escrito pelo fundador da ONG Rio de Paz, Antônio Carlos Costa, conta por que Antônio decidiu se lançar em favor da massa empobrecida do país.
 
A ONG surgiu em 2007, após uma onda de atentados que varreu a cidade do Rio de Janeiro e é filiada ao Departamento de Informação Pública da ONU (Organização das Nações Unidas).

A Rio de Paz leva a missão de “ser agente de redução das violações dos direitos humanos por meio de ações pacíficas e criativas que mobilizem a sociedade e poder público”. Filho de policial, Antônio chegou a ganhar a vida vendendo contrabando, até o dia em que se converteu. Em Convulsão Protestante – Quando a teologia foge do templo e abraça a rua, o autor mostra como as bases teológicas o levaram à militância em favor de melhores condições de vida para os moradores de comunidades pobres.
O livro compartilha as histórias e as experiências vividas por Antônio em seu contato com o Brasil underground - o submundo das favelas, das prisões e da violência.

Sobre o autor
Antônio Carlos Costa, nascido em 1962, no Rio de Janeiro, é fundador da ONG Rio de Paz (filiada ao Departamento de Informação Pública da ONU), jornalista, teólogo, plantador e pastor da Igreja Presbiteriana da Barra, no Rio de Janeiro. Mestre em História do Cristianismo pelo Centro de Pós-Graduação Andrew Jumper, é doutorando em Teologia pela Faculté Jean Calvin, em Aix-En-Provence, na França. É casado com Adriany e pai de três filhos, Pedro, Matheus e Alyssa.

Serviço
Editora Mundo Cristão
ISBN: 978-85-433-0082-5
Páginas: 256
Formato: 14x21
Preço: R$ 29,90  

Nenhum comentário:

Postar um comentário