24 de fevereiro de 2015

Resenha: O Iluminado - Stephen King



O Iluminado é mais uma história maravilhosa de terror do mestre Stephen King.

Desta vez, o protagonista é Danny Torrance, um jovem de cinco anos que é iluminado, ou seja, consegue enxergas coisas que pessoas comuns não conseguem. Seu pai, Jack Torrance, alcoólatra em recuperação, aceita um emprego de zelador no famoso hotel Overlook, que já mudou de dono diversas vezes e que foi palco de muitos assassinatos. Esta oportunidade pode salvar a família de Jack, que se resume a sua esposa Winnie e o filho deles.

Antes de ir, Danny tem um pesadelo que indica haver perigo no Overlook para os três, partindo de uma única palavra que nada significa para Danny: REDRUM. Ao chegarem no deserto hotel, se preparam para a nevasca que vai deixá-los presos por certo tempo, junto aos fantasmas do Overlook. Agora, para ajudar a mãe, Danny vai precisar (muito) da ajuda de seu novo amigo, Dick Hallorann, cozinheiro do hotel que também é iluminado. Já Jack, bom, difícil saber.

É uma história efetivamente apavorante. SK consegue trazer para o livro todo o terror e apreensão que temos ao assistir um filme igualmente arrepiante. Ou seja, uma mente muito fértil deve se preparar bastante para o que cada página reserva. A história do Overlook parece tão real que ele poderia muito bem ter sido um hotel fora do livro. Realmente, adorei este livro, bem como o seu final, que torcia para acontecer outra coisa, mas, infelizmente, o hotel não ia deixar.

Vale ressaltar que este livro também já foi para as telonas por meio do diretor Stanley Kubrick e com Jack Nicholson no papel de Jack Torrance. Porém, King não gostou da adaptação. Em entrevista, o mestre do terror declarou que "Já admirava o [Stanley] Kubrick  há um tempo e tinha grandes expectativas em relação ao projeto, mas o resultado final me desapontou profundamente. Kubrick não conseguiu alcançar o tom de maldade do hotel. Então, ele optou por procurar a maldade nos personagens e transformou o filme numa tragédia doméstica com tons apenas vagamente sobrenaturais. Essa foi a falha básica: como ele não acreditava, ele não conseguiu tornar o filme crível para a audiência”. King ainda declarou: “Shelley Duvall como Wendy é uma das opções mais misóginas da história do cinema. Ela está ali basicamente para gritar e ser estúpida, e essa não é a mulher sobre a qual eu escrevi.” No fim do ano passado, o autor lançou a continuação do romance, denominado Doutor Sono na tradução brasileira.

Serviço
Livro: O Iluminado
Autor: Stephen King
Páginas: 463
Data de publicação: 2012
Editora: Suma de Letras
Preço médio: R$ 25,90

Nota: 

2 comentários:

  1. Olá,
    Eu nunca li nada desse autor e confesso que não tenho coragem, o estilo de livro que ele escreve realmente não enche meus olhos, sou MUITO medrosa. Mas pelo que li ele é um autor e tanto, ainda irei conhecer uma de suas obras...
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O autor é sensacional, digo isso porque o Rodrigo já leu diversas obras dele e sempre elogia. :D

      Excluir