25 de fevereiro de 2015

Notícia: Academia Brasileira de História em Quadrinhos é criada no RJ



Aos 79 anos, o roteirista e desenhista dos gibis, Edmundo Rodrigues revelou para sua produtora, Ágata Desmon que não queria que a obra dele morresse. 

Edmundo faleceu em 2012, mas Ágata seguiu com a ideia dele, em 30 de Janeiro ela inaugurou a Academia Brasileira de História em Quadrinhos (Abrahq) e deu posse a 20 artistas que vão ocupar as cadeiras em homenagem aos artistas já falecidos, incluindo Rodrigues.

O acerto possui 60 mil gibis guardados no Museu do Gibi, que fica em Niteóri. A Academia necessita de uma sede e por enquanto está funcionando no coworking Colmeia Carioca, em Botafogo. 

Além de imortalizar as obras, a instituição deseja levar exposições de graça para escolas e espaços culturais.

Gostam de quadrinhos? Fica aí uma dica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário