11 de dezembro de 2014

Notícia: Vida e história de Norma Bengell é contada em livro


Uma das atrizes mais polêmicas do Brasil, Norma Bengell, tem a história retratada em biografia lançada pela nVersos Editora

Carioca de Copacabana, nascida em 1935, Norma Bengell começou sua carreira artística como manequim na Casa Canadá, até que seu charme e carisma a levaram aos palcos do Teatro de Revista. Num espetáculo, quando ainda dançava nas últimas fileiras, foi assistida por Carmen Miranda, que prenunciou: “Menina, desta turma toda, você é quem vai ser uma grande estrela”.

A profecia rapidamente se cumpriu. Norma Bengell estreou no cinema ao lado do grande Oscarito, em O Homem do Sputnik. Das chanchadas da Atlântida Cinematográfica, Norma passou para as telas do Cinema Novo, onde escandalizou ao aparecer nua em Os Cafajestes, e pegou sua primeira passagem para Cannes, com o elenco de O Pagador de Promessas. Da França, Norma voou direto para Itália, onde atuou com o renomado diretor Alberto Lattuada, manteve um tórrido affair com o ator Alain Delon e encenou mais de uma dezena de filmes. 

De volta ao Brasil, ela teve um papel de destaque na bossa nova e nas manifestações de 1968. Lutando contra a ditadura, acabou no exílio, em Paris. Na França, encenou Marivaux, marcou presença no Théâtre National Populaire e foi condecorada pelo então presidente François Mitterrand. Mas Norma gostava mesmo era do Brasil. De volta ao país de origem, deixou para trás o papel de sex symbol e, nos anos 1980, reivindicou o posto de diretora de cinema também para mulheres ao lançar seu primeiro longa, Eternamente Pagu. 

Nos anos 1990, tomou a dianteira no processo de retomada do cinema brasileiro, que agonizava, ao bater na porta do gabinete dos presidentes Fernando Collor e Itamar Franco para brigar por financiamentos e pela aprovação da Lei Rouanet. O que esperar da obra lançada pela nVersos Editora, com uma história de vida como esta? Tudo! 

Ficha Técnica
Editora: nVersos
Páginas: 366 páginas
ISBN: 978-85-64013-68-1
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 59,90 

Sobre Norma Bengell 
Norma Bengell nasceu em 1935, no Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira como modelo e vedete, depois se tornou atriz, atuou em filmes como Os Cafajestes (1962) e O Pagador de Promessas (1962), no Brasil, e em Il Mafioso (1962), La Constanza Della Ragione (1964), entre muitos outros, na Europa, e também no teatro francês. Cantou, lançou o disco Ooooooh! Norma, em 1959, e fez minisséries na TV Globo, como Partido Alto (1984). Foi ainda diretora de filmes como Eternamente Pagu (1988) e O Guarani (1996). Norma teve papel decisivo para o Cinema Novo brasileiro no início dos anos 1990. Faleceu em 2013, vítima de câncer de pulmão.









Nenhum comentário:

Postar um comentário