3 de outubro de 2014

Notícia: Romance de estreia do documentarista francês Olivier Truc arrebata leitores e crítica


Com os direitos audiovisuais comprados pela TV e os de publicação vendidos para mais de dez países, o romance de estreia de Olivier Truc chega ao Brasil pelo selo Tordesilhas. Ambientado em um cenário original, o livro é uma aposta de qualidade para o leitor brasileiro em busca de novos autores.


Tensão constante, tradições étnicas e rivalidades entre povos da Escandinávia são alguns dos ingredientes que garantiram à trama excelente repercussão junto à crítica e ao público europeu. Quarenta dias sem sombra já ganhou 17 prêmios, entre os quais Mystère de la Critique, na categoria Melhor Romance Policial Francês, e Quaidu Polar, votado pelos leitores na categoria Novos Escritores (veja mais abaixo). Também foi eleito um dos três melhores romances pelos leitores no SNCF du Polar e considerado um dos dez melhores romances policiais pela revista Lire, na edição especial Policial, em 2013.

Enredo
Em Quarenta dias sem sombra, Olivier Truc, correspondente do Le Monde em Estocolmo, mostra a força das tradições religiosas e apresenta a Lapônia como um espaço de conflitos e mistérios ancestrais.
Depois de 40 dias de trevas, o sol voltará a brilhar na aldeia de Kautokeino. O povo sami, habitante original da região, está reunido para a importante cerimônia de retorno de um tambor sagrado. Nas últimas horas de escuridão, porém, o tambor é roubado, o que causa grande comoção. Horas depois, um criador de renas é encontrado morto e mutilado. Entre os suspeitos do roubo está um grupo extremista que disputa terras com os sami e protestantes fundamentalistas que se opõem ao renascimento da religião deles.
Para desvendar o crime, KlemetNango, um oficial sami prestes a se aposentar, junta-se à impetuosa Nina Nansen, uma jovem policial norueguesa a princípio indiferente à natureza hostil e aos homens brutos da região. No entanto, nem todos aceitam a ajuda dos policiais, que precisam enfrentar condições extremas de isolamento e temperatura para continuar com a investigação.
Nesta história vigorosa e fora do comum, destaca-se ainda a composição dos personagens – heróis opostos e complementares –, criação magistral de um autor que se mostra profundo conhecedor do cenário que descreve.

Sobre o autor
Olivier Truc nasceu na França, em 1964. Atualmente mora em Estocolmo, onde trabalha como correspondente do Le Monde e do Le Point cobrindo política, economia e fatos sociais. Produziu documentários para TV e publicou livros de reportagem. Sua estreia em literatura, Quarenta dias sem sombra, remete a romances policiais originais como os da sueca Asa Larsson.

Prêmios
Eleito pelo Télérama como um dos cinco melhores romances policiais de 2012; e como um dos três melhores romances pelos leitores no prêmio SNCF du Polar em 2013. Ganhou, em 2013, os prêmios Quaidu Polar, votado pelos leitores na categoria Novos Escritores; o Mystère de la Critique, na categoria Melhor Romance Policial Francês; e o Biblioblog. Ficou com o terceiro lugar no prêmio Plume Libre 2013, escolhido pelos leitores. Conquistou em 2013 o prêmio 1001 FeuillesNoires da Biblioteca de Lamballe; o troféu 813 do festival Paris Polar; e o prêmio Mes-Sou-Thu das bibliotecas de Messimy, Soucieux-en-JarrestetThurins, em 2013. Foi o vencedor do prêmio Goutte de Sang d’Encre, escolhido pelos leitores, na cidade de Viena.

A CRÍTICA
“O romance de Olivier Truc se lê de uma vez só. É impossível deixá-lo de lado por um minuto sequer.” – La Provence, Eliette Gensac
Quarenta dias sem sombra está à altura do melhor thriller escandinavo.” – suplemento literário Le Monde des Livres
“Olivier Truc se arrisca ao adentrar a seara do noir etnológico e obtém grande êxito! Seu romance exerce o mesmo fascínio um tanto inquietante dos países que descreve. (...) Com a noite polar, tradições religiosas anciãs e violentas rivalidades como pano de fundo, o notável e triunfante thriller de Olivier Truc é bem mais que um colorido passeio por uma cultura exótica.” – revista Télérama
“Uma história sombria e muito original.” – revista Livres Hebdo
“Um romance magistralmente bem escrito e tremendamente prazeroso de ser lido. Original e fascinante. Um romance policial incrivelmente brilhante.” – Librairie L’Atelier
“O livro de estreia de Olivier Truc é um thriller fascinante escrito por um mestre no gênero.” – Librairie Garin

Sobre o selo Tordesilhas
Revisitando os clássicos com criatividade, lançando autores consagrados de tradições literárias pouco ou nada conhecidas por aqui, buscando novos talentos, disponibilizando literatura de entretenimento sem perder de vista a qualidade, o TORDESILHAS oferece um catálogo nada convencional e persegue o apuro na produção de seus livros, aparatando as edições, fixando textos com rigor, convidando especialistas e tradutores renomados. Seu compromisso é com a sensibilidade curiosa e investigativa.

Serviço:
Quarenta dias sem sombra
Autor: Olivier Truc
Ilustrações: Cristina Cupertino 
Preço: R$ 39,90
Gênero: thriller

Páginas: 408

Nenhum comentário:

Postar um comentário