30 de setembro de 2014

Resenha: Atemporal - Rodrigo Mendes


O livro Atemporal, escrito por Rodrigo Mendes, conta a história de um jovem policial que encontra pistas de um crime que não teve resolução e que ocorreu em 1983. O pai de Lucas vivenciou o homicídio em questão e não conseguiu impedir a morte de um amigo de longa data.
 
Tentando desvendar o crime e encontrar as ligações o investigador Lucas corre contra o tempo e paralelamente a isso descobre que uma máquina do tempo está sendo desenvolvida por uma empresa muito suspeita. Lucas precisa conciliar sua vida pessoal com o trabalho para tentar resolver este caso.
 
O livro possui um nome bem curioso e instigante que atrai principalmente quem está lendo a obra. Os fatos contados acontecem no passado, presente e futuro.
Em 1983 André e Henrique, ambos investigadores policiais, estão a cargo de analisar uma empresa que supostamente está envolvida com o tráfico de drogas. Para tentar pegar os culpados, eles criam uma armadilha que acaba acarretando na morte de André.
Quarenta anos depois, em 2023, Lucas é apresentado à história como o filho de Henrique (Rico). O delegado Matheus apresenta ao Lucas uma novidade descoberta pelo cientista Rocha no laboratório de criminalística que pode ser a chave para desvendar o mistério de quem matou André.
Diante dessa descoberta, Lucas remexe ainda mais na história, se envolvendo com gente perigosa e também com aliados e um suposto informante anônimo. O livro descreve muito bem cada detalhe, as peças vão se encaixando e o leitor vai descobrindo o que de fato aconteceu em 1983, afinal, as respostas estão naquele ano de 2023.
 
Em meio às pistas desvendadas, o jovem se envolve com Daniela, que trabalha no laboratório de criminalística. A relação do casal é descrita de forma bem rápida no livro, num segundo a vontade que Lucas tem de convidar Daniela pra sair e no seguinte eles já estão namorando e frequentando a casa um do outro.
Mas este ponto não implica na trama, que por sinal demonstra muito bem a relação en família, quando o Lucas se envolve com seu pai e com suas irmãs e ao descrever a morte da mãe dele, Tatiane. Além disso, outro aspecto bem desenvolvido no livro é a tecnologia. Na história é bem evidente o uso de tecnologia em atividades comuns do dia-a-dia, na segurança, na leitura, nos prédios e até na polícia. 
O livro apresenta um futuro que, ao que vemos, não está muito distante, afinal, cada vez mais as pessoas usam a tecnologia. Mas ao ler está obra o leitor também pode perceber que nem a maior tecnologia do mundo pode ser 100% segura e, que ainda existem pessoas que prezam pelos bons e velhos costumes.
 
O desfecho do livro é surpreendente e excepcional. Confesso que a ideia do autor não havia passado como uma hipótese para mim, dentre as tantas que imaginei. Gostei muito do final, assim como de todo o enredo da história, que nos mostra que de certa forma somos refém do tempo, e, que mexer no passado pode acarretar mudanças piores para o futuro e o que é feito no futuro pode ter tido impacto no passado. 
 
Serviço
Livro: Atemporal
Autor: Rodrigo Mendes
Páginas: 237
Data de publicação: 2014
Editora: Talentos da Literatura Brasileira - Novo Século
Preço médio: R$ 25

4 comentários:

  1. Hey tudo joia?
    Adorei a resenha, até então não conhecia o livro;


    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem e você?
      É um ÓTIMO livro, super recomendo.

      Excluir
  2. Oi, como vai?
    Ah esse livro foi maravilhoso pra mim, gostei muito do que vi.
    Concordo contigo, eu nunca imaginei aquele final, não passei nem perto.
    Beijos,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem e você?
      Foi tão boa aquela surpresa no final. (=

      Excluir