28 de agosto de 2014

Notícia: O amor invade a Bienal no dia 31


Escritores da Editora Pandorga fecham a agenda de sessões de autógrafos desta edição com três romances que resgatam a boa literatura brasileira.


Os homens voltaram e voltaram com tudo. Eles não têm vergonha de falar de amor e se declararem românticos. A Editora Pandorga tem o orgulho de trazer para o último dia da 23ª Bienal do Livro de São Paulo o escritor André Calderon, com o livro Olhos do destino, que começa a autografar às 13 horas. Depois, às 14 horas, vem o médico Hugo Costa Filho para lançar a obraMar de Areia. E, pra fechar este encontro literário o analista de sistemas, Leandro Andreo lança o livro de poesias Ivvi, que tem surpreendido a crítica.

Às 13 horas: Olhos do Destino - Os sonhos de infância de Leonard foram destruídos após a morte de seu pai, um exímio fotógrafo. Ele sonhava em comprar uma moto e poder, junto de seu pai, viajar pelo mundo e fotografar as belas paisagens que cercam o condado de Somerset, Inglaterra. Amparado por um velho amigo, senhor Gregory, a quem sempre considerou como um segundo pai, Leonard continuou o seu legado fotografando o mundo, mas sua vida dá uma reviravolta quando conhece dona Merriê uma importante fotógrafa que o ajuda a ter seus trabalhos reconhecidos. Num dia típico, as películas de seu coração foram marcadas ao se apaixonar por Maria, uma jovem cabeleireira. Mas um acidente inesperado pode colocar tudo o que conquistou em jogo, e Leonard deve fazer uma difícil escolha: deixar para trás seus sonhos e viver dentro de uma “escura redoma” ou fugir e viver se sentindo culpado por ter arruinado a vida de quem mais amou.

Serviço
:
Páginas: 168
Preço: R$ 24,90


Às 14 horas: Mar de Areia - O continente Sul-Americano, em franco processo de democratização no ano de 1999, dá os primeiros passos para se tornar um bloco economicamente competitivo no mundo globalizado. Todavia, os resquícios ditatoriais e acordos secretos de cooperação militar internacional, como a Operação Condor, que marcaram o passado recente dos povos Sul-Americanos, ainda traduzem enraizados entraves para o avanço do Mercosul. Acompanhando as transformações sócio-econômicas da época, a ciência também revela espetaculares avanços, como a clonagem de animais e a decodificação do genoma humano. Paradoxalmente a isso, Natália, premiada executiva do ramo de calçados, se vê no centro da mística disputa entre anjo e demônio que se aproveitam daquele momento ímpar da evolução humana para lutarem pela supremacia racial. Neste contexto, ela descobre ser adotada, é perseguida por um poeta assassino e é in­fluenciada por seu anjo da guarda, mas, sem abrir mão do livre-arbítrio, descobre deter o poder de ser o contrapeso da sua história.

Serviço
Páginas: 208 
Preço: R$ 29,90


Às 15 horas: Amor e poesia é um casamento antigo e que sempre foi um artifício muito usado pelos românticos. Na literatura moderna, esta união não é tão comum. Mas para Leandro Andreo, essa mistura nunca estará ultrapassada. O poeta deixa isso bem claro em seu primeiro livro, Ivvi, publicado pela Editora Pandorga. “As pessoas lerão em meu livro versos que as permitam suspirar e rever histórias de amor que marcaram suas vidas”, afirma o autor. A obra não é apenas uma declaração, é uma síntese de um amor impossível, quase platônico, vivido pelo autor. Ele divide os poemas do livro em cinco partes: O Amor, Sobre Ivvi, Para Ivvi, Sem Ivvi e Coroa de Sonetos. O tom dos poemas de cada capítulo é diferente, o que dá a obra uma diversidade incrível de rimas. O que atrai ainda mais o público é o fato de que Ivvi não corresponde o sentimento declarado por seu admirador e, mesmo assim, ele não cansa de expor a beleza da musa de olhos verdes, em cada verso.

Serviço
Páginas: 120 
Preço: R$ 19,90

Nenhum comentário:

Postar um comentário