25 de agosto de 2014

Dica: Fundação Dorina Nowill faz roda de leitura na Bienal


A Fundação Dorina Nowill para Cegos, que cuida de deficientes visuais também está na Bienal do Livro 2014.
Um contador de histórias acompanhado por um robô faz rodas de leitura exclusiva no estande da entidade no evento. As primeiras sessões foram um sucesso, com uma média de 50 crianças que participaram da contação de história da coleção Braillinho Tagarela no formato digital acessível Daisy. O robô de leitura faz a roda utilizando o recém-lançado aplicativo para Android, DDReader.

Este é o primeiro aplicativo em português desenvolvido para que pessoas com deficiência visual - cegas ou com baixa visão - possam ler em tablets e celulares com sistema Android. A roda de leitura acontece entre hoje (25) até o dia 29 de agosto, das 10h às 11h e de 14h às 15h no estande da Fundação Dorina Nowill para Cegos na 23ª Bienal do Livro. Av. Olavo Fontoura, 1209 - Pavilhão de Exposições do Anhembi. O número do estande da Fundação é o A-430.

2 comentários:

  1. Ah que legal. Pena que só fui um dia na Bienal. Se não dava uma espiadinha.
    Uma ótima iniciativa para quem quer ler e tem suas chances limitadas.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir